13.11.16

Montalvão : na Demanda do Ultimo Mestre Templário !



 
Vasco Fernandes , o ultimo mestre da Ordem do Templo em Portugal,que entretanto foi extinta no concilio de Vienne (1311) foi readmitido como simples frei na nascente Ordem de Cristo e terminou os seus dias, segundo a documentação disponível, como comendador de Montalvão (concelho de Nisa),que fora anteriormente já comenda do templo com seu castelo.

E não estando este  mestre portanto no panteão templário de Santa Maria de Tomar, dado que a Ordem acabara em sua vida, é tradição que estará sepultado na igreja matriz de Montalvão.

E estando a Comissão de Melhoramentos local a tratar do arranjo de sua igreja e a pensar valorizar a terra, convidaram-nos a nós e a outros, para virmos observar e analisar os vestígios da Ordem (nomeadamente lápides tumulares)…assim se formando rapidamente uma equipa multidisciplinar que incluiu o arqueologo Carlos Batata , o professor de Historia de Arte Ernesto Jana e o Rui Ferreira do Convento, entre outros! Obrigado ao Sr.Eng. Luis Gomes que teve a amabilidade de nos convidar.


 
A igreja de Montalvão ostenta duas torres : a do sino pertencente ao poder espiritual e a do relogio pertencente ao poder temporal (junta de freguesia). Igreja construída no  sec XIII mantem do original o portal em gablete e a entrada sub-coro onde se descobriram recentemente frescos debaixo da cal da parede e no pavimento alterado restam pouco mais de uma dezena de lapides tumulares antigas, bastante desgastadas pelos pés dos antigos e pelas lavagens a lixivia modernas…Há duas delas que sobressaem e que observámos atentamente em busca de seu significado. Tirámos medidas e apontamentos…á procura de sinais do Mestre . Seguem as fotos do exterior e interior que falam por si e bastante !










Santa Maria Madalena , Apóstola !

Muito se tem falado ultimamente sobre o papel da mulher na Igreja e sobre o facto de Madalena não ser aquela mulher da vida representada com um frasco de perfume aos pés…pois bem aqui e surpreendentemente (bem “perdida” no Portugal do interior alentejano e disfarçadamente apenas com as iniciais do nome) aqui encontrámos aquela hoje considerada a vera Madalena – em escultura de madeira já com vários seculos de existência- com um livro na mão como atributo (!)…eis a Santa Maria Madalena , apóstola de Cristo !


 

E saindo para o exterior rumámos ao castelo ali bem perto e bastante destruído ao nível das muralhas e torres, sendo que no sitio de uma delas e junto á entrada ergueram um deposito de agua ! O espaço interior é alongado em oval , tipo Monsaraz tb templário, e dotado de alambor defensivo. Modernamente passou por varias utilizações : já foi aquartelamento de tropas, cemitério e ate parque infantil! Hoje cresce a erva por todo o lado e nem se vislumbra onde fosse a cisterna…











O Mistério da arca tumular quebrada…

A única coisa que ressalta e bem, “perdida e erma” no centro da erva é uma grande arca tumular em pedra granítica sem tampa e quebrada a nível posterior… na face inteira observa-se um friso superior decorado “ao manuelino” com semelhanças evidentes com a parte cimeira da Janela do Capitulo em Tomar , com a respetiva cruz da Ordem de Cristo!

Por suas dimensões – 1,5 m de comprimento-- seria guarda de ossadas mais do que tumulo, mas também por sua exuberância decorativa e ro-bustez seria de alto dignatário cujo nome ou existência se desconhece no  local…e não há duvidas que sendo de granito não se partiu acidentalmente mas sim foi quebrado intencionalmente…ora e havendo noticias que as há de que a senha da Inquisição aqui chegou á região… e se este fosse o mausoléu homenagem ao velho Mestre, de seus velhos companheiros do Templo  e agora “de Cristo” aqui viventes…destruído depois por algum sicário a mando do famigerado prior Antonio de Lisboa , o destruidor de tudo o que restava das memorias do tempo dos Templarios…a avaliar pelo que fez no próprio Panteão no sec XVI…?!











Ora, Vinde a Montalvão, todos vós amantes do Templo , a ver tão singulares novidades !



7.11.16

Inventário de Lugares Templários da Alemanha e Italia








































Alemanha Templaria
(capelas, a maior parte)
 
      1         – Supplingenburg (Baixa Saxonia)

2         – Wormsdorf/ Gehringsdorf (Alta Saxonia)

3         – Mucheln  (Alta Saxonia)

4         – Tempelhof (Brandenbourg)

5         – Lietzen (Brandenbourg)

6         – Dolgelin (Brandenbourg)

7         – Sollstedt (Turingia)

8         – OberTopfstedt (Turingia)

9         – Altmuhlmunster (Baviera)

10     – Muhlen/Osthofen (Renania Palatinado)

11     – Hof-iben (Renania Palatinado)

12     – Mainz (Renania Palatinado)

13     – Roth (Renania Palatinado)

14     – BadBreisig (Renania Palatinado)

Memorias

A.      – Braunschweig (Baixa Saxonia)

B.      – Magdburg (Alta Saxonia)

C.       – Halberstadt (Alta Saxonia)

D.      – Nordhausen (Turingia)

E.       – Bamberg (Baviera)

F.       – Augsbourg (Baviera)

G.      – Trier (Renania Palatinado)

H.      – Kronenbourg (Norte Reno-Westphalia)

Privados

·       -1 Morizzbrunn/Oscherfeld (Baviera)

·       -2 Honningen (Renania Palatinado)

 
Com esta publicação aqui no blog dos lugares templários na Alemanha e Italia , terminamos esta fase de Inventário , em que se pretendia uma referenciação dos sítios disponíveis/ acessíveis (documentados e ainda visíveis) nos 6 principais países da Europa onde a Ordem existiu.
Entregue a seu tempo também uma listagem de endereços oficiais (câmaras ou equivalente) dos lugares, é a hora de estabelecer os contactos , organizar a  Rede , fazer crescer a Rota Templaria Europeia, à luz dos estatutos aprovados este ano em Troyes.
 
 
 
                             Italia Templária
                                            
                                                (listagem acrescentada)









































Itália templaria
1         - S. Giusto Canavese, S.Giacommo (Piemonte)
2         – Cabriolo, S.Tomas (Emilia Romagna)
3         –Ormelle, S.Giovanni (Veneto)
4         – Firenze,S.Jacopo (Toscana)
5         - San Gimignano,ospedal (Toscana)
6         – Siena, S.Pietro (Toscana)
7         – Citta di Castelli (Umbria)
8         – S.Giustino di Arne (Umbria)
9         – Perugia , S.Bevignate (Umbria)
10     – Castignano, S.Maria (Marche)
11     –Rochete di Fazio (Toscana)
12     –Castel Cellesi, Magione S.Maria (Lazio)
13     – Marta, S.Maria della Grazie(Lazio)
14     –Viterbo, S.Maria in Carbonnara (Lazio)
15     –Sutri,S.Maria del Tempio (Lazio)
16     –Sermoneta , abadia Valvisciolo (Lazio)
17     – Sabaudia,S.Maria della Sorresca (Lazio)
18     – San Felicio Circeo, torre (Lazio)
19     –Cicciano, S.Pietro (Campania)
20     – Volturino,S.Maria della Serritela (Puglia)
21     – Ruva de Puglia, torre (Puglia)
22     – Brindisi,pórtico S.Giorgio (Puglia)
Memorias
  1. –Moncalieri (Piemonte)
  2. – Padova,S.Maria Iconia(Veneto)
  3. –Roma, S.Maria in Aventino (Lazio)
  4. –Barletta (Puglia)
  5. –Andria,S.Agostini (Puglia)
  6. –Molfetta,S.Nicolla(Puglia)
  7. –Caggiano (Campania)
  8. – Sala Consilina (Campania)
Privados
  • -1 Alcurzio, Castel Negrini (Lombardia)
  • -2 Cerro di tocalmato (Emilia Romagna)
  • -3 Castel di Poggibonsi (Toscana)
  • -4 Chiusdino, castel Frosini (Toscana)
  • -5 Valentano,S.Maria ad Tempio (Lazio)
  • -6 San Giulio,Civitavecchia (Lazio)
  • -7 Alberona, Masseria Volgano (Puglia)